Tempo Agora
Rádio UFS

Área Restrita



Idealização do Site

Site idealizado por João Vieira dos Santos Filho, discente de Engenharia Agronômica, com o total apoio do Departamento de Agronomia da UFS através do Professor Dr. Alceu Pedrotti chefe de departamento na época, com o objetivo de conter materiais didáticos e textos de referência, materiais importantes para auxiliar os estudantes nas pesquisas acadêmicas e informações no ensino da Engenharia Agronômica e ciências afins.

Entendemos esse projeto educacional como uma forma de prestação de serviços a comunidade estudantil, em função dos esforços do DEA em proporcionar as ciências agrícolas um alto nível de qualidade no ensino do curso de Engenharia Agronômica.

Leia mais...

 

Mural de Recados
Contador

Fert. & Corretivos

postheadericon Cálcio

Cálcio (Ca)

O cálcio é um elemento químico, símbolo Ca, de número atômico 20 (20 prótons e 20 elétrons) e massa atómica 40 u. É um metal da família dos alcalino-terrosos, pertencente ao grupo 2 da classificação periódica dos elementos químicos .

Fontes:

É o quinto elemento em abundância na crosta terrestre Não é encontrado em estado nativo na natureza, estando sempre como constituinte de rochas ou minerais como as que contém carbonatos (mármore, calcita, calcário e dolomita) e sulfatos (gipso, alabastro).  fluorita (fluoreto), apatita (fluorfosfato da cálcio) e granito (rochas silicatadas).

Aplicações:

O calcário e o gesso são as principais fontes de cálcio e são, também, condicionadores de solos. Além destes, existem fertilizantes que contém na sua composição o cálcio como o superfosfato simples com 18-20% de cálcio, o superfosfato triplo com 12%.

Cálcio na agricultura:

É um dos chamados macronutrientes secundários junto com o magnésio (Mg) e o enxofre (S). Os efeitos indiretos do cálcio são tão importantes quanto o seu papel como nutriente. O cálcio promove a redução da acidez do solo, melhora o crescimento das raízes, aumento da atividade microbiana, aumento da disponibilidade de molibdênio (Mo) e de outros nutrientes. Reduzindo a acidez do solo, diminui a toxidez do alumínio (Al), cobre (Cu) e manganês (Mn). Plantas que apresentam altos teores de cálcio resistem melhor a toxidez destes elementos.

Formas de absorção pelas culturas:

É absorvido como íon Ca++, estando a maior parte dele  localizado nas paredes celulares. Sua concentração no citoplasma é bastante baixa, sendo, armazenado no vacúolo nas formas de oxalatos ou carbonatos.

Função Fisiológica:

O cálcio participa de funções enzimáticas em processos de transferência do fosfato como, por exemplo, a enzima fosfolipase. Constituinte de pectatos, que são depositados na lamela média, dando resistência  à paredes celulares. Constitinte ou ativador de várias enzimas como alfa amilase e nucleases.

Formas de disponibilidade Cálcio a nível de  solos:

As formas disponíveis de  Ca++ são adsorvidas nos colóides do solo. Pela troca de cátions, elas passam para a solução do solo e depois são absorvidas pelas plantas.

Fertilizantes com Cálcio:

Calcários são a principal fonte de fertilizantes de cálcio. Podem ser de 3 tipos:

- Calcítico;

- Magnesiano;

- Dolomítico.

Outras fontes de Ca++ para as culturas são o gesso agrícola 26% Ca ++,  Super simples, Super triplo, Termofosfato, Nitrato de Cálcio, Nitrocálcio, Cinzas, Calcário calcinado, Cal virgem, Cal hidratada, Escória de siderurgia, CaCl .

Sintomas de deficiência de Cálcio nas plantas:

Os sintomas de deficiência de cálcio são morte da gema apical, clorose e necrose internervais nas folhas mais novas,  sintomas de deficiências em Ca2+ são mais pronunciados nos tecidos jovens, já que que praticamente inexiste o seu transporte no floema. Tecidos deformados e enrolados são encontados em plantas deficientes. As vagens chochas na soja e as folhas enroladas no milho são sintomas de deficiência de cálcio.

Ecila Maria Nunes Giracca                            José Luis da Silva Nunes

Eng. Agrª, Drª em Ciência do Solo               Eng. Agrº, Dr. em Fitotecnia